#Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens

Olá pessoas!

Hoje vim aqui falar sobre um livro que gostei muito: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens, da escritora estadunidense Becky Albertalli. Esse livro foi muito legal principalmente por abordar um assunto que não encontramos com frequência nos livros: a homossexualidade.

O livro irá contar a história de Simon, um garoto de 16 anos que ainda está no armário. Seus pais são bastante modernos, mas ele ainda não se sente preparado para assumir sua orientação sexual. Simon tem um e-mail secreto para esconder sua identidade e vem trocando mensagens com um garoto que se apresenta como Blue. O misterioso Blue, que Simon não faz a mínima ideia de quem possa ser, mas que toma um papel cada vez mais importante em sua vida. Porém, aparece Martin, um cara babaca da escola que descobre os e-mails secretos entre Simon e Blue, e passa a chantageá-lo para não contar para toda a escola que Simon é gay. Essa combinação clichê entre segredo, romance e chantagem é o que torna esse livro tão envolvente, além claro, do romance entre dois garotos que, por ser uma novidade na literatura, proporciona à escritora utilizar um clichê sem que isso se torne um problema. O livro é narrado por Simon e contém todos os emails que são trocados entre ele e Blue - emails muito fofos, por sinal!

Como é de se esperar de um romance de temática gay, o livro levanta indiretamente algumas discussões com o leitor, como por exemplo, a gravidade de tirar alguém do armário à força, o preconceito com homossexuais e outras questões que não posso falar para não levantar spoilers. Simon vs. A Agenda Homo Sapiens é um livro leve, divertido, cativante e que tão bom que vai virar filme!

As gravações já começaram e o filme ainda não tem data prevista de lançamento. Entre os atores escolhidos, teremos Jennifer Garner e Josh Duhamel como os pais de Simon, e Katherine Langford, a  Hannah Baker, de 13 Reasons Why, como Leah Burke, melhor amiga de Simon e Nick Robinson, que foi protagonista de Jurassic World, como Simon Spier:

E vocês, já leram o livro? O que acharam? Conhecem livros do gênero que recomendam?

Deixem sua opinião nos comentários!

Written by

Blogueira desde 2011, escreve sobre dores, amores e livros. Paulistana e mãe de 3 gatos deseja compartilhar suas paixões nesse blog.

Deixe uma resposta