From simple roots through high vision

Teve aquele dia no parque e antes dele, aquela peça de teatro linda. Músicas, estórias, conversas e encontros tão únicos de fim e começo de tarde com amigos, gente simples e feliz sentada na grama, em bancos, descansando da vida, falando de tudo o que não interessa. São essas coisas simples que me motivam, porque eu também sou simples… Mas primeiro, sou uma viciada em sinceridade. Eu gosto de gente que é livre e por isso não impede ninguém de ser do jeito que for, gente que gosta, e telefona para saber como estou, conta seus casos, me ajuda com meus problemas, e faz tudo sem aquele sentimento de obrigação.

Nosso ego insiste em nos fazer pensar que somos todos únicos, mas no final, somos todos iguais; seres humanos, alguns mais sensíveis e outros menos, em busca sempre das mesmas coisas: acolhimento, carinho, identificação, confiança, amizades e amores. Só muda a forma como cada um age frente a essas necessidades. Pelo menos é assim que me sinto: mais uma, das mais sensíveis e simples. Quero poder contemplar o sol durante as tardes, o verde da grama, me afastar de tudo que me atrasa e faz mal. Quero distancia de gente que só está ao meu lado quando eu faço a coisa certa, porque eu também erro e não gosto de me sentir sem chão, sem ajuda, sem uma mão.

Ando querendo me afastar da cidade grande e ir estudar fora, meditar pelas manhãs, me livrar dessa ansiedade. Ando querendo mudar meu estilo de vida, minhas baladas, me concentrar em tudo o que realmente importa e deixar as coisas pequenas de lado. Pessoas que não mais acrescentam, manias e vícios que só me consomem tempo e dinheiro, entender que tudo tem um tempo certo para durar, e depois precisa ser descartado, por mais dolorido que seja, para dar vazão a nossas experiências.

Descobri que essa sou eu: avessa a grandes sofisticações do mundo e adepta a sofisticação dos sentidos e dos corações…

#O título é um trecho de Citizen of the Planet, da Alanis Morissette e significa “De raizes bem singelas até a alta percepção”.

Written by

Blogueira desde 2011, escreve sobre dores, amores e livros. Paulistana e mãe de 3 gatos deseja compartilhar suas paixões nesse blog.

Deixe uma resposta