Os franceses e seus filmes

Tenho me entregado muito ao cinema francês ultimamente, ou filmes rodados na França, e algo que sempre me encanta neles é sua trilha sonora sempre incrível e sublime, que combina com os filmes e sutilmente penetra na cabeça do telespectador que, sem perceber, começa a cantarolar as canções. Então escolhi fazer um TOP 3 das melhores canções de filmes franceses (ou que têm como cenário algum lugar na França) que eu adoro. Enjoy!

3º lugar – O fabuloso destino de Amélie Poulain (Le Fabuleux destin d’Amélie Poulain, 2001) – A música “Comptine d’un autré d’été l’apres” marca muito e deixa o clima do filme melhor ainda. Assim como a trama, a música vai acelerando aos poucos e é por isso que se encaixa perfeitamente à estória.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=8ZnWte4t_7A&feature=related]

2º lugar – Meia noite em Paris (Midnight in Paris, 2011) – O roteiro do filme é incrível, e com muito sucesso nos leva a Paris dos anos 20 e nos mostra a incrível explosão cultural e artística da época, ao som de “Let’s do it” de Cole Porter. (O vídeo contém Spoiler.)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=oBrQA9EF0D4&feature=related]

3ºlugar – Amor ou Consequência (Love me if you dare. En./Jeux d’enfants Fr., 2003) – É, sem sombra alguma de dúvida, o melhor filme de romance que já assisti. A estória foge ao padrão americano dos filmes de romance da sessão da tarde, é engraçado, surpreende, emociona e faz sorrir. Além disso, a trilha sonora é brilhante e casa perfeitamente ao filme, deixando-o ainda mais com o ar de magia e sutileza que ele já possui. Vale muito a pena o filme e a trilha sonora feita por Louis Armstrong e “La vie en Rose”. (O vídeo contém Spoiler.)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Q-wzBnwj9-Y]

E vale a pena ainda conhecer as demais músicas que tocam nesses filmes, são todas muito boas!

Written by

Blogueira desde 2011, escreve sobre dores, amores e livros. Paulistana e mãe de 3 gatos deseja compartilhar suas paixões nesse blog.

4 comments / Add your comment below

  1. sou suspeito mas TODAS do filme do Gainsbourg, e da copolla “somewhere” são sublimes(citando exemplos contemporâneos)..dos atemporais>>A TRILOGIA DAS CORES(são clássicos.. a trilha é orquestrada e bem sutil mas inexplicavelmente inebria saca?
    e claro Piaf! 😉

Deixe uma resposta